sexta-feira, julho 24, 2009


"A História terá sido escolhida para o currículo do Ensino Básico exactamente pela função importante que tem na orientação do jovem, na aquisição de uma consciência histórica, ou seja pela capacidade de articular o ontem , o hoje e o amanhã, sabendo, ao mesmo tempo, distinguir nesse cenário três campos: o real do imaginário, a permanência da mudança e os tempos de mudança".


Extraído de: FÉLIX, Noémia, Competências Essenciais do Ensino Básico. O caso da História,p.29, in Competências essenciais do Ensino Básico. Visões Multidisciplinares, n.º23, Cadernos do CRIAP ASA, Abril de 2001.

2 comentários:

Sabrina Noureddine disse...

Oi, gostei desse post...
Mas parece que poucas escolas realmente querem ensinar aos alunos a distinção entre o real e o imaginário, assim como sobre os tempos de mudança, hein?
Pelo menos por aqui eu percebo uma certa resistência a ensinar os outros a pensar, criticar...
Sei lá...
Abs.

RubenSantos disse...

Acho que os alunos não têm essa noção !