sexta-feira, maio 11, 2007

12 de Maio Dia Mundial da Fibromialgia

O que é a Fibromialgia afinal?" perguntaram-me hoje.
A Fibromialgia é uma síndrome, ou seja, um conjunto de sintomas. De todos eles, o mais característico, e também o mais preocupante, é a dor, já que se trata de uma dor generalizada. A sensação que temos é que nos dói o corpo todo. Se um dos pontos da imagem ("pontos de gatilho") começa a doer, rapidamente tudo dói. Juntamente com a dor chega, muitas vezes, o cansaço. Este é tão grande que, às vezes, nos dá vontade de desistir de tudo, pois todo o pequeno gesto é muito complicado e cansativo. Geralmente a estes sintomas juntam-se dores de cabeça, membros inertes e sem força, espasmos de dor nocturnos, ansiedade, depressão, dificuldades em dormir dado que o corpo, em sofrimento, não arranja posição, dificuldades de concentração e de memória.



A Fibromialgia não tem cura, acompanha o doente para toda a vida.

Viver com a Fibromialgia significa aceitar que se padece de uma doença crónica que nos limita muito, mas que podemos encontrar caminhos para viver o melhor possível.
Porém... há aqueles dias em que é difícil...
... sair da cama porque o corpo dói muito e tem dificuldade em mexer...
... fechar os botões da blusa, calçar os sapatos...
... cortar o pão ao pequeno almoço...
... conduzir o carro...
... segurar a pasta ou mesmo a caneta ou o giz na sala de aula....
... sorrir, ter paciência com tudo e com todos, com o barulho, os empurrões no corredor, as preocupações...
"O poder nasce do querer.
Sempre que o homem aplicar a veemência
e perseverante enegia de sua alma a um fim,
vencerá os obstáculos, e,
se não atingir o alvo fará, pelo menos,
coisas admiráveis."
Dale Carnegie


Sem comentários: